26.11.2018

CRP-11 recebe propostas para compor o 10º Congresso Nacional de Psicologia


Após 3 anos de sua última edição, o 10º Congresso Nacional de Psicologia acontece de 30 de maio a 2 de junho de 2019, em Brasília-DF, e traz como tema “O (im)pertinente compromisso social da Psicologia na resistência ao Estado de exceção e nas redes de relações políticas, econômicas, sociais e culturais”. O Congresso Nacional de Psicologia é realizado trianualmente e funciona como a instância máxima que discute e delibera políticas prioritárias para o triênio subsequente, ou seja, para a próxima gestão dos Conselhos Regionais e do Federal.

O evento é fruto de amplo processo democrático. Por meio das etapas que ocorrem dentro dos Conselhos Regionais, e etapa nacional do Congresso que ocorre em Brasília Congresso, todas(os) as(os) profissionais da Psicologia podem contribuir para o projeto coletivo e construção da história da profissão.

HISTÓRIA DO CNP

O CNP foi realizado pela primeira vez em 1994 não como um congresso, mas como um processo constituinte, como dizia seu título – “Processo Constituinte: Repensando a Psicologia”. Foi durante sua realização que as(os) participantes – cerca de 150 psicólogas e psicólogos, dos diversos Conselhos Regionais no País – decidiram fazer dele o primeiro CNP. Era preciso repensar, na época, a Psicologia a partir da reestruturação dos Conselhos de Psicologia, em uma perspectiva democrática.

ENCONTROS REGIONAIS PREPARATÓRIOS

Os debates têm início com os eventos nos Regionais, nas Subsedes ou Seções, com os eventos preparatórios, os pré-congressos e os congressos regionais. As (os) representantes – delegadas(os) eleitas(os) – são responsáveis por debater e aprovar as diretrizes construídas ao longo do processo e informar nacionalmente as posições debatidas. Para participar do CNP, a psicóloga ou psicólogo deve procurar o Conselho Regional de Psicologia de sua região. Toda psicóloga(o) inscrita(o) e adimplente pode ser delegada(o).

A realização do 10º COREP do CRP 11 será nos dias 06 e 07 de abril de 2019 na cidade de Fortaleza- CE

COMO FAZER AS PROPOSTAS?

Propostas são diretrizes gerais sobre um tema ou uma área da Psicologia que deverão nortear a atuação da próxima gestão dos Conselhos Regionais e Federal de Psicologia. As propostas devem ser orações únicas, sem encaminhamentos (Art. 7º, parágrafo único do regulamento do CNP).

As propostas podem ser criadas nos eventos preparatórios e pré-COREPs, para serem apreciadas nos COREPs e remetidas ao CNP, se aprovadas.

Para garantir e ampliar a participação da categoria, as propostas para o 10º Congresso Nacional de Psicologia (CNP) e 10º Congresso Regional de Psicologia do CRP-11, podem ser enviadas até o dia 30 de novembro, através de formulário online. Os itens serão encaminhados aos Pré-Congressos, etapas que antecedem o COREP e CNP.

(Confira aqui o regulamento do 10º CONGRESSO REGIONAL DA PSICOLOGIA – 10º COREP CRP-11, com as diretrizes para a submissão).

 EIXOS:

As propostas devem fazer parte de algum dos eixos temáticos:

Eixo 1 - Organização democrática e representativa do Sistema Conselhos;
Eixo 2 - O diálogo da Psicologia com a sociedade brasileira e suas relações com a democracia e direitos humanos;
Eixo 3 - Do Exercício Profissional.

O COREP é uma das etapas para a realização do 10º Congresso Nacional de Psicologia (CNP), marcado para acontecer entre 30 de maio e 2 de junho de 2019, em Brasília-DF. O 10º COREP CRP-11 será realizado nos dias 06 e 07 de abril de 2019 em Fortaleza-CE.

O CNP é a instância máxima de deliberação do Sistema Conselhos de Psicologia. No congresso, são definidas as diretrizes que devem nortear as próximas gestões do CFP e dos CRPs para os próximos três anos. Desta forma, é um amplo processo de debates, que se inicia bem perto de cada psicóloga(o), nos Conselhos Regionais, Subsedes ou Seções, Pré-Congressos (Pré-Coreps) e Congressos Regionais (Coreps).    

É possível que psicólogas(os) interessadas possam formular suas propostas e remetê-las ao seu CRP, para que sejam apreciadas no COREP do Regional. Esta ferramenta visa à ampliação dos mecanismos de participação online.

Cada Pré-Congresso e Congresso Regional deverá discutir e aprovar até 10 (dez) propostas por eixo, totalizando o máximo de 30 (trinta) propostas nacionais por Conselho Regional.