10.05.2018

Chega à Câmara Municipal a pauta da criação de concurso público destinado à saúde mental em Fortaleza


Fortaleza – Chega à Câmara Municipal de Fortaleza a mensagem a respeito da criação de concurso público para a área de saúde mental, destinado a efetivação de 127 profissionais distribuídos entre os equipamentos da RAPS.

A mensagem, assinada pela Prefeitura de Fortaleza, diz da criação de cargos de provimento efetivo de servidores municipais (conforme pode ser vista aqui) e foi encaminhada à Câmara Municipal logo após o anúncio do prefeito Roberto Cláudio sobre a efetivação do concurso no Paço Municipal, no último dia 2 de maio. O documento contempla 37 vagas para psicólogas(os), 34 para psiquiatras, 26 para terapeutas ocupacionais, 21 para assistentes sociais, 7 para médicas(os) clínicas(os) e 2 para neurologistas. No que diz respeito à remuneração para psicólogas(os), o vencimento estabelecido pela categoria é de R$ 3.465,66 para a carga horária de 30h.

Ontem, em visita à Câmara Municipal, a presidência do CRP11 foi informada de que a mensagem já foi destinada para as comissões darem parecer. Uma vez votada e aprovada na íntegra pelos vereadores, a mensagem retorna à prefeitura para que seja dado início aos trâmites de criação do concurso.

O trabalho agora consiste no acompanhamento e na pressão junto à câmara para que a mensagem seja votada no caráter de urgência, consoante aos termos estabelecidos no TAC (Termo de Ajustamento de Conduta do Ministério Público), e que sejam dados os devidos encaminhamentos à abertura do certame. Os profissionais contratados a partir deste concurso atuarão nos Centros de Atenção Psicossociais (CAPS), sendo 6 CAPS Gerais, 2 CAPS Infantis, 7 CAPS AD.

 

O documento oficial você pode conferir aqui.